Nossa primeira “casa” é o nosso corpo, que devemos manter em equilíbrio através de boas noites de sono, alimentação saudável e prática de exercícios físicos. Não há dúvidas sobre isso.

Contudo, a nossa segunda “casa”, o lugar que moramos propriamente dito, nos preocupamos apenas com a limpeza física, não cuidamos da limpeza energética.

Quem nunca evitou determinados lugares porque as pessoas são chatas, baixo astral? É a famosa frase: “O lugar/casa tem uma energia ruim.”

Espiritualistas e cientistas, que estudam a influência da espiritualidade na nossa vida, afirmam cada vez mais que a nossa vibração interfere na nossa saúde e no local que frequentamos. Ela fica impregnada nas paredes e objetos.

Fazer uma limpeza energética com plantas, incensos, cristais e orações ajuda liberar este tipo de energia.

Eles também acreditam que é difícil se manter com pensamentos, falas e atitudes positivas o tempo inteiro. Contudo, há uma escolha de ficar refém ou não deste padrão emocional.

Por isso que é tão importante se livrar das baixas frequências vibracionais determinadas pela mágoa, raiva e medo, por exemplo.

A meditação e outras tantas terapias holísticas como o Reiki, Ho´oponopono e Barras de Acesso são bem eficazes para esta limpeza interior.

O poder do verde

Aqui vai uma lista de plantas que ajudam a equilibrar a energia da sua casa e também ambiente de trabalho.

Vaso 7Ervas - Saiba como cuidar da energia da sua casa
Na hora de plantar, eleve seus pensamentos e capriche no arranjo. Foto: Divulgação

Na porta de sua casa, do lado de fora, você pode colocar o vaso das sete ervas com: Alecrim, que nos aproxima do Divino; manjericão que traz a alegria e a espada de São Jorge garante a proteção. Estas têm a função de harmonizar o ambiente.

Acrescente comigo ninguém pode, guiné, pimenta e arruda absorvem a energia negativa do local. Se o ambiente estiver carregado a arruda e a pimenta secarão mais rapidamente.

Ter boldo em casa é como ter um coringa! Ele é considerado a erva símbolo da paz de Jesus. Além disso, você pode fazer uma vassourinha com boldo, alecrim e manjericão e espanar pela casa após a limpeza propriamente dita.

Durante a limpeza energética, peça a liberação de todo o mal, memórias ali contidas, as suas energias mentais e de quem frequenta e/ou habita.

Cante, ore, entoe mantras, tudo com muita alegria.

Não se esqueça que a melhor ferramenta para afastar as energias ruins é estar de bem com a vida. Nos períodos difíceis, medite, entre em contato com sua chama divina, sua criança interior. Evite tudo o que seja tóxico, principalmente relacionamentos nesta vibração.

O boldo também é usado para tratar os males do fígado. De acordo com a medicina chinesa, o fígado é o órgão responsável por externalizarmos a raiva, a inveja, o rancor e o ressentimento, como também, ele nos faz agir, nos coloca em movimento.

Se estivermos prostrados com dificuldades de organização e planejamento na nossa vida prática, é provável que este órgão esteja com alguma disfunção.

O lírio da paz, além de ser uma planta bonita, ela promove a harmonia do ambiente. Aliás, o próprio nome já diz. Junto com a planta guiné, ela pode ser colocada até no banheiro para fazer uma limpeza energética.

Uma dica importante: NUNCA deixe a porta do banheiro e/ou lavabo aberta, afinal, é ali que deixamos o que o corpo expele.

É muito bom termos manjericão no quarto ou próximo do travesseiro porque ele tem um cheiro agradável, além de ajudar combater à insônia.

Incensos poderosos

Esta é para manter o padrão energético da casa elevado.

Após a faxina geral, passe um pano úmido com 11 gotas de Amônia (vende em farmácias) em 2 litros de água na casa toda. Tome cuidado para não inalar, pois é muito forte.

Depois, passe água com 1/4 de pedra de anil, que pode ser comprada em supermercados ou 1 colher de chá, se for líquido ou pó.

A outra dica é fazer um incenso natural para defumar a casa.

incenso natural flores - Saiba como cuidar da energia da sua casa
Você pode colocar também flores. Foto: Divulgação

As melhores ervas para fazer o incenso natural são: alecrim, alfazema, arruda, cedro, erva cidreira, hortelã, manjericão e sálvia.

As ervas têm que ser secas com 15 a 20 cm e pode-se fazer um amarrado com até três delas ou envolvê-las num papel vegetal e depois amarra-las. NUNCA use papel comum ou papel já usado.

Neste papel vegetal virgem (sem uso) você pode escrever suas intenções a lápis, nunca a caneta. O grafite é um mineral, um elemento da Terra.

Quanto mais apertado for o amarrado, melhor, pois a queima acontecerá de maneira mais lenta.

Para acender o incenso natural – seja de qual jeito tenham feito – vocês deverão ter um pratinho, pote de cerâmica ou barro, preferencialmente.

Qualquer lugar que os mantenham sob proteção, para não causarem acidentes. Mas quanto mais natural, melhor. E deixem-no reservado / destinado somente a este fim.

Acendam com um fósforo e deixem o fogo pegar por uns 2 minutos. Lentamente, vão soprando para apagarem a chama (cuidado, pois fagulhas podem voar!) e deixem-no pousado no recipiente, ou andem com ele pela casa para energizar / limpar.

Se ao terminarem de andar pela casa desejarem mantê-lo queimando, descansem-no no recipiente. Caso contrário, apaguem-no “esmagando-o” contra o recipiente. NUNCA MOLHEM, pois vocês danificarão as ervas.

Toda vez que desejarem, (re)acendam-no.

No ambiente de trabalho

Nem todos trabalham em casa e é claro que ficará complicado fazer uma defumação ou passar um pano úmido com amônia.

Mas isto pode ser contornado com um pequeno vaso de pimenteira, arruda, boldo ou lírio da paz.

Usar cristais em pedra bruta também é uma boa opção. Coloque num pequeno pote de vidro ou pratinho o quartzo rosa ou verde (intenção de cura e harmonia), cristal fumê (limpeza do ambiente), citrino (prosperidade) e turmalina negra (afasta as energias negativas).

Energize as pedra pelo menos uma vez por mês. Coloque-as numa mistura de água com sal grosso ou água do mar e deixe-as pegando sol e luar por 3 dias.

Lave em água corrente e coloque suas intenções em cada uma delas.

Enfim, estas ferramentas ajudam a manter o ambiente agradável e harmônico, mas antes de tudo, esteja bem com você mesmo (a).

Fonte: Guia da Alma

 

COMENTÁRIOS




Revista Ecos da Paz
Viver em harmonia é possível quando abrimos o coração e a mente para empatia e o amor.