Ter uma alimentação saudável é sempre o melhor caminho, não só para manter a “máquina” funcionando em perfeitas condições como também para evitar que alguma doença se instale, ou pelo menos diminuir os seus efeitos.

Frutas, em especial as cítricas, legumes, destacando o tomate, sementes e os peixes são ricos em nutrientes que ajudam a fortalecer o sistema imunológico.

Com relação aos idosos, manter uma alimentação balanceada é um dos fatores que mais influencia a saúde e a longevidade. A maioria dos processos patológicos que surge neste período da vida tem ligação direta com o que se come.

Quando doenças graves, epidemias e pandemias começam a se espalhar, mais do que nunca, é necessário redobrar os cuidados diários com a alimentação da pessoa idosa, seja em casa ou no hospital.

man kissing woman s cheek 3408267 scaled - Os alimentos que aumentam a nossa imunidade precavendo doenças e pandemias
Além de uma alimentação saudável, as relações afetivas e atividade física ajudam a manter o equilíbrio. Foto: Pexels

As células do sistema imunológico são produzidas pelas proteínas, que são encontradas em alimentos de origem animal como carnes, leite e seus derivados, ovos e em grãos como a soja, as leguminosas e a quinoa.

Alho e gengibre também devem entrar na lista porque eles possuem propriedade antibiótica.

Na lista abaixo use e abuse  dos alimentos da estação. Substitua o que estiver caro por outro com as mesmas propriedades.

1- Frutas cítricas

Laranja, limão, acerola, kiwi, são ricos em vitamina C, antioxidante que aumenta a resistência do organismo.

Consuma suco de laranja com cenoura. Esprema 4 laranjas médias e bata com 2 cenouras médias sem casca e 3 copos de água. Também pode ser feito na centrífuga. A união da vitamina C da laranja com o betacaroteno da cenoura são nutrientes importantes para aumentar as defesas do organismo.

2 – Vegetais e verduras verdes-escuros

Brócolis, couve, espinafre são ricos em ácido fólico. O nutriente auxilia na formação de glóbulos brancos, responsáveis pela defesa do organismo, e também pode ser encontrado no feijão, cogumelos (como o shimeji e o shiitake) e a carne de fígado.

3 – Alimentos ricos em zinco

Carne, cereais integrais, castanhas, sementes e leguminosas (feijão, lentilha, ervilha, grão de bico), são ricos em zinco, nutriente que combate resfriados, gripes e outras doenças do sistema imunológico.

4 – Oleaginosas

Além de zinco, as nozes, castanhas, amêndoas e óleos vegetais (de girassol, gérmen de trigo, milho e canola) são ricos em vitamina E. Ela é benéfica, principalmente para os idosos, agindo no combate à diminuição da atividade imunológica por conta da idade. Sempre que possível, consuma pequenas porções dos mix de castanhas.

5 – Tomate

Rico em licopeno, o tomate é forte aliado para combater doenças cardiovasculares, removendo radicais livres do organismo. Esses compostos aceleram o envelhecimento celular e deixam o corpo mais propício a desenvolver doenças

6 – Alimentos com ômega-3

Este composto se encontra no azeite, salmão e sardinha. Auxilia as artérias a permanecerem longe de inflamações, ajudando a imunidade do corpo.

7 – Fontes de antioxidantes

A castanha-do-Pará, cogumelos (como o champinhom), a gema de ovo, sementes de girassol e frango contêm selênio, um forte antioxidante que combate os radicais livres, melhorando a imunidade do corpo e acelerando a cicatrização do organismo.

8 – Gengibre

É uma super raiz rica em vitaminas C, B6 e com ação bactericida, o gengibre vai além de ajudar a tratar inflamações da garganta e auxilia nas defesas do organismo. Usá-lo como tempero junto com o alho e a cebola afasta gripes e resfriados.

9 – Iogurte

Além de regular o intestino, o consumo regular de iogurte ajuda a recompor as bactérias benéficas da flora intestinal – chamadas probióticos. Elas são verdadeiros soldados lutando para expulsar do organismo as bactérias “ruins”. Esses microrganismos contribuem para aumentar a imunidade. O intestino saudável é capaz de separar o que não nos faz bem e absorver os principais micronutrientes, como as vitaminas.

10 – Alho

O alho, além de trazer um sabor delicioso para os mais diversos pratos, reduz e ajuda a diluir o muco nos pulmões, sendo eficaz contra tosse persistente e bronquite. Inclusive, o alho pode ser consumido junto a antibióticos. Por ser rico em vitamina A, C e E, alho é um forte aliado para reforçar o sistema imunológico.

11 – Cebola

A cebola é rica em substâncias anti-inflamatórias, antivirais, antiparasitárias, antibacterianas e antifúngicas como a alicina.

Ao juntá-la com o alho na medida certa, esta dupla controla a diabetes, protege o coração e aqueles que consomem maiores quantidades de alho e cebola (cerca de 22 porções por semana) correm um risco menor de desenvolver alguns tipos de câncer, como o de boca, laringe, esôfago, cólon, mamas, ovário e rins.

12 – Geleia Real

A geleia real é um superalimento recheado de nutrientes, fitoquímicos e antioxidantes, e esta composição química notável é a responsável por seus inúmeros benefícios à saúde. Ao ser consumida em jejum, ela aumenta a imunidade por conter altas concentrações de vitaminas, principalmente a vitamina C e do complexo B.

Ela tem ação anticancerígena devido ao ácido cafeico, um antioxidante do tipo polifenol. Além disso, os componentes lipídicos da geleia real neutralizam os efeitos hormonais do bisfenol-A, um estrogênio ambiental encontrado em plásticos, que estimula a proliferação de células cancerosas nas mamas, colo de útero e próstata.

13 – Própolis

O própolis contém proteínas e compostos com capacidade de alterar e regular o sistema imunológico, além dos benefícios de ser antibacteriano e antiviral. O própolis ativa os passos iniciais da resposta imune estimulando receptores específicos e a produção de citocinas, que modulam os mecanismos da imunidade.

14 – Óleo de côco

O ácido láurico e o ácido cáprico, presentes no óleo de coco, tem a propriedade de modular o sistema imunológico, agindo contra fungos, vírus e bactérias. Além disso, uma forma indireta de ele contribuir com a imunidade está na melhora do trabalho do intestino ao eliminar as bactérias ruins.

15 – Lichia

A lichia é excelente fonte de vitamina C – cada 100 gramas do fruto apresenta 71,5 mg da vitamina, o que ajuda a prevenir gripes e resfriados. Somado a isso, as antocianinas da lichia desempenham uma função farmacológica importante contra várias doenças, como cardiovasculares, doenças crônico degenerativas, câncer, inflamações, imunidade baixa e alergias.

A fruta também é rica em potássio, vitaminas C e do complexo B e é boa para o tratamento de infecções intestinais.

16 – Batata Yacon

Por agir estimulando o crescimento da flora intestinal benéfica, a batata yacon é efetiva no extermínio de bactérias que entram em nosso organismo por meio da alimentação. Assim, o desenvolvimento da flora intestinal proporcionado pela batata yacon ajuda diretamente na prevenção de doenças e no fortalecimento da imunidade.

17 – Gérmen de trigo

O gérmen de trigo acumula vitaminas A, E e K em grandes quantidades, que possuem excelente poder antioxidante, previnem o envelhecimento das células e contribuem para o aumento da imunidade, além de ajudar a regular o sistema digestório, estimular o apetite e tonificar a pele, mantendo-a saudável.

Ele também é responsável pela boa coagulação sanguínea e contribui para o fortalecimento dos ossos. O gérmen de trigo pode ser consumido em molhos, iogurtes, frutas e outros alimentos como complemento alimentar.

Fonte: Minha Vida

COMENTÁRIOS




Revista Ecos da Paz
Viver em harmonia é possível quando abrimos o coração e a mente para empatia e o amor.