Antes demais nada, perdoar é uma escolha.

Há inúmeras pesquisas sobre a relação das emoções com as doenças e as pessoas que demonstram mais inclinação ao perdão têm menos problemas de saúde.

Quando perdoamos, há menos estresse e o seu corpo não sente tantas tensões apresentando menos sintomas físicos.

Já as pessoas que costumam culpar os outros por seus problemas apresentam índice mais altos de doenças cardiovasculares e também cânceres.

O que é o perdão de fato?

Pode parecer estranho, mas o alvo do perdão é SEMPRE você e não o autor da afronta.

Através dele, você poderá recuperar o seu poder.

O perdão nos leva assumir a responsabilidade por como nos sentimos diante de determinada situação. 

Esta tomada de responsabilidade é um dos pilares da técnica de cura havaiana chamada Ho’oponopono. Ela significa que você mesmo deixou que terceiros tirassem o seu equilíbrio, seu estado de paz.

Para perdoar, você não precisa mudar de comportamento e tão pouco precisa anunciar que está perdoando um agressor, nenhuma comunicação verbal é necessária.

Você precisa de uma mudança na percepção, ter uma outra maneira de ver as pessoas e as circunstâncias que causam dor e sofrimento.

É uma decisão de ver além dos limites da nossa personalidade, é ver além dos medos, neuroses e erros.

Perdoar é um modo de vida que vai nos transformando aos poucos. Passamos de vítimas a comandantes de nossas vidas.

O perdão NÃO é:

Não é fechar os olhos para a falta de educação, amor;

Não é ter poderes divinos, sobrenaturais e tão pouco passar por uma experiência religiosa.

Não é reconciliar-se com quem te afrontou e muito menos, desistir de ter sentimentos.

Auto-perdão, o maior desafio de todos

É o processo de se amar e de se aceitar.

Há uma grande resistência interna, pois demanda uma transformação de valores e crenças significativas.

Desapegar-se de velhas crenças, hábitos, vergonha e auto-crítica.

O auto-perdão é um renascimento.

Um pequeno exercício 

  • . Pare alguns minutos e preste atenção nas emoções que a sugestão de perdoar alguém desperta em você.
  • Permita agora que venha à sua mente uma pessoa que você acha que te fez sofrer. O que você acha de perdoar esta pessoa?
  • O que significa para você perdoá-la?
  • O que você teria que fazer para perdoá-la?

Vamos lá, experimente!

Fonte: Estrela Guia

COMENTÁRIOS




Revista Ecos da Paz
Viver em harmonia é possível quando abrimos o coração e a mente para empatia e o amor.