Primeiramente, muitos confundem religião com espiritualidade. São conceitos que caminham juntos, mas não são iguais.

Ao seguir uma determinada religião, a pessoa tem diante de si uma série de preceitos e regras a serem seguidas, enquanto que a espiritualidade não, segue-se o coração, a intuição.

Se por um lado existem religiões calcadas num discurso de medos e proibições, a espiritualidade incentiva você a concentrar toda a sua energia apenas no bom, e agir com uma visão amorosa da vida. Considera que as decisões feitas por amor irão capacitá-lo (a), torná-lo (a) mais corajoso (a) e alimentar sua alma. Ela mostra como ficar de pé apesar de ter medo.

Espiritualidade lembra-nos que não estamos separados, não há fronteiras, não há raças e não há divisões culturais. A verdade é que somos todos um e que a única constante é o Amor.

Existem hábitos que podem ajudar a elevar seu nível de espiritualidade. Confira 7 deles abaixo:

 Tenha uma rotina de meditação matinal

Por mais que seja difícil no começo, você não vai se arrepender de acordar um pouco antes do horário pela manhã para meditar. A meditação nos ajudar a ser pessoas mais focadas e orientadas para nossos objetivos, eliminando tudo aquilo que não nos favorece. Começar o dia com um prática tão iluminada quanto essa nos coloca no caminho para a realização. A meditação prepara nossas mentes para o dia que estar por vir. Além de ajudar a liberar os sentimentos atrelados à lembranças ruins em nossas vidas.

Esteja verdadeiramente presente em sua rotina

Não importa a tarefa que você esteja fazendo ou o local que você esteja, certifique-se de estar sempre vivendo o momento presente, praticando “mindfulness” (o “esvaziamento” da mente). Quando estamos conscientes e vivendo no agora, lidamos com as coisas que a vida lança em nosso caminho sem nos apegarmos a nada, o que é realmente muito positivo.

Fortaleça sua relação com a natureza

A natureza é encantadora, e fortalecermos nossa relação com ela beneficia tanto nossos corpos quanto nossos espíritos. A natureza nos faz perceber que não estamos sozinhos nesse mundo e quanta diversidade está ao alcance de nossos braços. Inspire-se nas árvores, plantas, animais, e até pelo ar puro e tranquilizador que encontramos em ambientes naturais. Isso vai recarregar suas baterias e elevar suas vibrações. Caso haja dificuldade de ir à um parque ou praia, a dica é cuidar de plantas ou de um animal.

Aprenda a ter um coração grato

Quando agradecemos as bênçãos recebidas, nós nos configuramos para recebermos ainda mais coisas pelas quais agradecer, isso é Lei da Atração. No entanto, devemos ser gratos até mesmo pelas coisas negativas e desafios, porque eles nos ajudam a crescer. Os desafios nos mostram o quanto podemos ser fortes, resilientes, taí mais um motivo para agradecer: a descoberta de uma qualidade .

Seja aberto para as mudanças da vida

Não tenha uma visão muito metódica dos seus planos. Não se apegue a padrões de pensamentos do tipo: “só serve se acontecer do meu jeito”. Por mais que planejemos cada etapa de nossas vidas minuciosamente, as coisas podem acontecer de forma diferente. Isso talvez seja bom ou ruim. Porém, quando enxergamos as coisas de forma ampla e estamos abertos às oportunidades que a vida nos oferece, percebemos que as mudanças que ocorrem nem sempre são ruins. Tenha a consciência de que nada acontece por acaso.

Valorize a sua intuição

Este é um grande exercício de autoconfiança. Nossa intuição nos guia para as coisas que devemos fazer e nos impede de seguir caminhos que possam nos causar algum dano ou prejuízo. Acredite, todos nós nascemos com a habilidade da intuição, mas conforme crescemos, tendemos a deixá-la de lado, pois nosso EGO nos diz o tempo todo que sabemos tudo sobre a vida, sem contar com a auto-crítica excessiva e sentimentos de não ser merecedor (a). Dê mais atenção e valor a sua intuição, pois ela vai ajudá-lo, tanto no trabalho interno quanto externo. Um dos exercícios para “ouvir” sua intuição é a meditação, em que silenciamos o barulho de fora para prestar atenção na nossa voz interior.

Não pare de aprender

O mundo não pára. Não é preciso acompanhar este movimento frenético, mas ficar parado no tempo não dá. Não importa o quão graduados ou experientes sejamos, e como o mundo muda o tempo todo, devemos estar preparados para mudar junto. Não se encastele do alto de sua “sabedoria”. Admita que você não sabe tudo o que há para saber e permita-se buscar novos conhecimentos. Seja uma nova língua, ou novas habilidades. Quando elevamos nossos conhecimentos, elevamos também nosso mundo e espírito. E isto é potencializado quando nos transformamos em um agente multiplicador daquilo que aprendemos.

Fonte: O segredo

 

 

RECOMENDAMOS


COMENTÁRIOS




Revista Ecos da Paz
Viver em harmonia é possível quando abrimos o coração e a mente para empatia e o amor.